(62) 98505-8357 (WhatsApp) [email protected]
Tempo estimado de leitura: 4 minutos

É natural qualquer pessoa deparar-se com uma ou outra dificuldade na hora da escrita – seja de caráter ordinário, sutil ou intrincado. Portanto, a questão “como melhorar a escrita?”, de certo modo, pode estar na mente de toda gente que escreve.

como melhorar a escrita

Quando bem utilizados, certos recursos da escrita podem incorporar valores intrínsecos adicionais ao texto a ponto de a própria mensagem tornar-se simples coadjuvante. Entretanto, para isso, deve-se ir muito além da “maquiagem” literária.

Não estamos falando de erudição propriamente; nem das palavras pouco ditas e das frases impactantes; musculação intelectual? Muito menos! – nada disso por si só é capaz de fazê-lo.

Todavia (isto é importante), não é o objetivo dos recursos textuais coadjuvar a mensagem. Na realidade, entendemos que em todo escrito a mensagem deve ser sempre a personagem principal, a própria alma do texto.

O que faz uma pessoa extremamente linda ser mais atraente que outra de padrão similar? Muitas respostas podem ser dadas a esta pergunta, é verdade. Contudo, acredito que a personalidade daquela pessoa será o motivo primordial. Pelo menos na maioria dos casos.

Imagine que certa mensagem especial, vinda da Direção, deverá ser dada verbalmente, e ao mesmo tempo, a todos os membros de uma grande corporação. A compreensão de tal mensagem será de fundamental importância para que, agora, os funcionários passem a executar seus respectivos papéis em sintonia com os novos rumos que a corporação deverá tomar.

Posto isto, que habilidades você pensa que deverá ter essa pessoa que dará a mensagem? Primeiramente deve ser alguém que consiga obter a atenção de todos e, depois disso, que aproveite essa atenção fazendo-se inteligível – desde o operacional até o administrativo.

Se for assim, essa pessoa precisa conhecer toda a corporação e possuir habilidades de avaliação cognitiva dos seus colaboradores, para usar, então, a comunicação mais adequada a todos.

No exemplo acima dissemos que para se passar bem uma mensagem acreditamos que seja preciso:

1 – Obter a atenção das pessoas

2 – Aproveitar essa atenção

3 – Fazer-se inteligível

Recordo-me de um trecho do livro “Ideias que Colam”, no qual os irmãos Chip Heath e Dan Heath narram como uma comissária de bordo (Karen Wood) passou as orientações de segurança de voo de uma maneira muito criativa, com a qual conseguiu atrair a atenção de todos os passageiros. Reproduzo o trecho do livro (p. 57-58) que mostra a criatividade da comissária:

Poderíamos contar com alguns momentos de sua atenção, por favor? Gostaríamos de mostrar estes itens de segurança. Se você nunca mais entrou em um automóvel desde 1965, esta é a maneira correta de usar o seu cinto de segurança: Para prendê-lo, encaixe uma extremidade na outra, ajustando conforme necessário, puxando ou afrouxando a tira. Para retirá-lo, basta levantar a presilha.

Como diz a canção, deve haver cinquenta modos para deixar seu amante,[1] mas só há seis maneiras de deixar esta aeronave: duas portas na parte traseira, duas saídas nas janelas de emergência laterais removíveis, que estão sobre as asas, e duas portas na parte dianteira. A localização de cada saída está claramente indicada nos avisos no teto. Em caso de emergência, luzes guias vermelhas e brancas se acenderão automaticamente no chão do corredor.

Isso fez você olhar!

[1] Nota da Tradutora: Referência à letra da música “50 Ways to Leave Your Lover”, de Paul Simon.

Após sua criativa comunicação, até os passageiros que viajam com muita frequência sentiram-se atraídos a ouvi-la. E não foi só isso, ao final a comissária foi muito aplaudida!

quebra de padrao

Como melhorar a escrita com a “quebra de padrão”

Os autores do livro contam que a comissária usou o que eles chamam de “quebra do padrão”. Em suas palavras, “Os seres humanos têm uma rápida capacidade de adaptação a padrões consistentes. Passamos a ignorar o estímulo sensorial consistente. Pense no barulho de um ar-condicionado, no barulho do trânsito, (…) na visão de uma prateleira de livros”. Segundo eles, talvez só tomamos consciência dessas coisas quando há uma mudança, ou seja: o ar-condicionado é desligado e alguém faz uma nova organização nos livros.

Como melhorar a escrita é o tema principal deste texto, considero a “quebra de padrão” uma grande dica para todos que escrevem, e recomendo usá-la sempre que se deseje destacar alguma coisa. Mas, por outro lado, é importante que isso seja feito sempre com bom senso. Muito cuidado para não extrapolar na mudança dos padrões da linguagem e do estilo da própria quebra.

recursos textuais

Utilize os recursos apropriados para melhorar a escrita

Outra forma de melhorar a escrita é utilizando bem a pontuação e outros recursos textuais. Se quisermos ser mais expressivos, não devemos usar somente pontos e vírgulas. Há diversos outros recursos que podem tornar o texto mais atrativo: o travessão, o ponto-vírgula, parênteses (e até colchetes), grifos etc., mas, claro, sempre sob a luz do bom senso.

ame seu publico

 

Por último, é essencial a necessidade de se conhecer bem o público para quem se está escrevendo. Somente assim será possível adotar a linguagem mais apropriada para cada situação e, então, tornar aquilo que escrevemos realmente interessante e proveitoso.

Estas são as dicas de hoje. Se você gostou, ou se deseja contribuir com outras dicas, sirva-se do campo de comentários abaixo. Sua participação será muito importante para nós!

 

Receber atualizações do nosso Blog?

Deixe seu e-mail abaixo:

 

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.