(62) 98505-8357 (WhatsApp) [email protected]
Tempo estimado de leitura: 4 minutos

 

A responsabilidade que recai sobre você, escritor, na hora de escrever o primeiro capítulo de um livro é gigante. Por meio dos primeiros parágrafos, o interesse do seu leitor pode ser conquistado de modo inabalável ou, então, perdido de vez. E, ao levar em consideração que o primeiro de todos os seus leitores será muito provavelmente o seu editor, a importância das primeiras páginas do seu livro se torna ainda mais clara.

Infelizmente, não existe um manual nem uma fórmula a ser seguida à risca para escrever o primeiro capítulo de um livro. Afinal, todo o ofício de um escritor depende de sua originalidade e de sua capacidade criativa.

Mas, não se preocupe, reunimos algumas dicas, usadas pelos grandes contadores de histórias, que farão toda a diferença na hora de engatar seu livro em grande estilo. Para não cometer nenhuma gafe inicial que possa prejudicar todo o seu trabalho, continue lendo.

 

O protagonista como foco

 

Para qualquer autor passando pelo processo de escrever o primeiro capítulo de um livro, é até intuitivo dizer que a primeira preocupação está na apresentação da personagem principal. Tente se lembrar de algumas grandes histórias que você conhece. Uma coisa é certa: na maioria das obras que possam ter vindo à sua mente, o protagonista é, de uma forma ou de outra, apresentado logo de cara pelo autor.

Isso acontece porque o papel do protagonista é cativar o leitor já na primeira virada de página. Ele deve se mostrar único e cheio de camadas, com potencial de desenvolvimento — não importa se sua personalidade é agradável ou desagradável.

O protagonista de uma história é o principal elemento de identificação para o leitor. Logo, sem um personagem bem explorado e capaz de gerar comoção desde o primeiro capítulo, a relação entre o livro e o leitor se torna enfraquecida.

Então, se você está pensando em escrever o primeiro capítulo de um livro com a apresentação de um personagem coadjuvante ou antagonista, reflita melhor sobre como isso afetará o desenvolvimento do seu enredo. O protagonista não precisa ser o único elemento do seu primeiro capítulo, mas deve ser o foco.

 

Evidencie bem o ponto de vista da sua história

 

Muitos livros de ficção podem parecer confusos justamente por não esclarecerem logo de início sob qual perspectiva as ações se desenrolam.

Isso não quer dizer que você não pode se arriscar com trocas de narradores. Todavia é importante manter em mente, ao escrever o primeiro capítulo de um livro, que seu leitor inicia a leitura de modo completamente alheio ao seu estilo narrativo.

Então, independentemente de sua história fazer uso de um narrador onisciente, um narrador personagem ou uma mistura de vozes, lembre-se de evidenciar qual é a perspectiva com a qual seu leitor irá se deparar.

E use toda a sua criatividade! A apresentação de um narrador nem sempre precisa seguir uma linha óbvia e explícita, como, por exemplo, “meu nome é…”. As melhores narrações são aquelas que conseguem “mostrar, em vez de contar”!

 

Qual é a dualidade fundamental da sua história?

 

Quando for escrever o primeiro capítulo de um livro, tenha em mente que toda história se baseia em um par de opostos que regem o desenvolvimento da trama. Por isso é importante que, já no primeiro capítulo, esses conceitos sejam explicitados.

Não sabe do que estou falando? Não se preocupe! Mesmo que você ainda não tenha parado para definir qual dualidade é essa que fundamenta sua trama, posso garantir que ela existe.

Abaixo, você irá encontrar alguns dilemas recorrentes em diversas obras literárias. Estes exemplos são abrangentes e podem ser especificados e ramificados de acordo com a temática do livro.

 

Bem x Mal

Neste caso, é comum que existam conflitos na trama que coloquem o protagonista em um impasse moral sobre o que fazer, por exemplo. Pode ser também um impasse espiritual, legal, entre outros.

 

Vida x Morte

Este dilema, comumente apresentado por autores ao escrever o primeiro capítulo de um livro de aventura, faz com que o protagonista passe por situações complicadas e lute para manter-se vivo ou proteger outras pessoas.

 

Amadurecimento x Ignorância

Esta é uma dualidade bem comum nos romances de formação. Ela se mostra presente, por exemplo, quando o protagonista vivencia um momento-chave que o obriga a amadurecer e abandonar crenças e condutas antigas.

 

Amor x Ódio

Histórias de vingança geralmente usam esse par de opostos como base da trama. Por exemplo: o protagonista pode ser forçado a decidir o que mais tem valor: um sentimento de rancor ou seu objeto de afeição.

 

A primeira ação repercute durante toda a narrativa

 

Um fator a se pensar ao escrever o primeiro capítulo de um livro é qual cena escolher como ponto de partida.

Um bom livro não precisa necessariamente se desenvolver de forma cronológica. Na verdade, o fator mais importante a ser considerado ao escrever o primeiro capítulo de um livro é a relevância que essa sucessão de acontecimentos iniciais terá para a história.

Por isso, escrever o primeiro capítulo de um livro geralmente implica colocar um divisor de águas na vida do protagonista. Isso não quer dizer que algo grandioso precisa acontecer logo de cara, mas, sim, que aquilo que acontecer deve colocar em jogo fatores que serão lembrados e desenvolvidos ao decorrer da trama.

 

Vamos dar início ao início!

 

Se você gostou das dicas, não hesite em colocá-las em prática! O que você começa hoje pode dar vida a algo único pelo qual diversos leitores se apaixonarão.

E, se você já finalizou seu livro e quer ter certeza de que ele está completamente livre desses e de outros problemas, nosso serviço de revisão de livros irá deixá-lo confiante para o próximo passo: a publicação.

 

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.