(62) 98505-8357 (WhatsApp) [email protected]
Tempo estimado de leitura: 3 minutos

 

Vamos falar das diferenças entre o português do Brasil e o de Portugal? Muita gente por aí acredita que a Língua Portuguesa seja a mesma em todos os países que a utilizam como idioma oficial e que o Acordo Ortográfico padronizou praticamente tudo.

Mas é importante ter em mente que o português apresenta suas particularidades dependendo do lugar em que é falado, já que, além do Brasil e de Portugal, outros países, como Angola, Cabo Verde, Moçambique, Guiné-Bissau, Guiné-Equatorial, Timor Leste e São Tomé e Príncipe, também falam a língua.

A seguir, você pode conferir algumas diferenças entre o português do Brasil e o de Portugal e conhecer melhor aspectos interessantes em relação à fonética, à gramática, à grafia das palavras e ao vocabulário.

 

Diferenças entre o português do Brasil e o de Portugal

 

A maneira de falar

 

Os portugueses possuem uma fonética um pouco diferente da nossa. O “l”, por exemplo, é mais carregado e alguns sons de determinadas palavras também podem sair diferentes, com vogais tônicas sendo mais pronunciadas. Ex: m’nino, esp’rança (Portugal), menino esperança (Brasil).

 

A relação com o gerúndio

 

Uma coisa que você dificilmente vai ver é um português falar o gerúndio. Em Portugal, a preferência é dada para o infinitivo, modificando até conjugações em tempos como o passado e o futuro. Ex: Estou a sair agora. Ela estará a conversar com meu pai.

 

Os pronomes mais presentes

 

Você já deve ter reparado também que o português de Portugal utiliza mais pronomes que o nosso. Na língua falada, o pronome oblíquo aparece depois, e não antes, como os brasileiros costumam dizer. Ex: Faz-me um favor? (Portugal), Me faz um favor? (Brasil).

Em Portugal, também é comum usar o “tu” para amigos, família e em situações casuais, diferente do Brasil, que utiliza mais o “você”.

 

Algumas expressões curiosas

 

Estou! Sabia que é assim que os portugueses atendem às suas ligações telefônicas? Pois é, se você ligar para algum amigo de Portugal e ele responder dessa forma, não estranhe. É assim que eles atendem ao telefone por lá. No Brasil, isso equivale ao nosso famoso “alô!”

 

Algumas palavras que se diferenciam na Língua Portuguesa

 

Português do Brasil Português de Portugal
café da manhã pequeno almoço
celular telemóvel
sorvete gelado
criança miúdo
trem comboio
equipe equipa
camiseta camisola

 

Está gostando do artigo? Talvez você queira ler também outras Curiosidades sobre a Língua Portuguesa

Algumas palavras podem até mesmo causar uma grande confusão se usadas em terras brasileiras ou em solo lusitano. É o caso da palavra “cueca”, usada no Brasil para se referir à roupa íntima masculina, enquanto em Portugal refere-se à roupa íntima feminina (calcinha).

A jovem portuguesa é conhecida por rapariga no português de Portugal. No Brasil, essa palavra tem uma conotação de prostituta.

Por isso, é preciso ficar atento para não cometer esses deslizes de vocabulário e saber que as distinções também podem gerar algum mal-entendido.

 

Resistência a palavras estrangeiras

 

No geral, o português de Portugal é mais resistente com as palavras estrangeiras, por isso acaba sendo mais fácil a assimilação desse tipo de palavra pelo português do Brasil. Em Portugal, o nosso “mouse” de computador é chamado de “rato”, pois a tradução é mais literal do inglês.

 

Uso do consigo

 

Outra diferença na Língua Portuguesa está no fato de os portugueses usarem “consigo”, ao contrário dos brasileiros, que dizem “contigo” ou “com você”. Assim, se estiver em Portugal, será bastante comum ouvir as pessoas falarem “quero ir consigo” ou “tenho de falar consigo”.

Bom, deu para perceber que a Língua Portuguesa é realmente fascinante e que apresenta características específicas nos países que a adotam como idioma oficial, certo? O português do Brasil e o português de Portugal possuem mesmo variantes e foram sofrendo alterações ao longo dos anos que marcaram a linguagem dessa forma distinta.

Apesar de o Brasil ter sido colonizado por Portugal, nossa língua foi influenciada por variações regionais, indígenas e africanas, com a escravidão em solo brasileiro. Assim, as transformações foram aparecendo e reforçando os idiomas de uma forma muito própria.

O ponto mais marcante nisso tudo talvez seja realmente a pronúncia, principalmente pela maneira mais rápida de falar, deixando os brasileiros de cabelo em pé em um primeiro momento quando os portugueses abrem a boca.

Mas, deixando isso de lado, essas diferenças entre o português do Brasil e o de Portugal mostram a evolução dos povos e a expressão de cada cultura.

E você? Já passou por alguma situação em que as diferenças entre o português do Brasil e o de Portugal causaram algum desconforto ou boas risadas? Compartilhe com a gente nos comentários!

 

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.