(62) 98505-8357 (WhatsApp) [email protected]
Tempo estimado de leitura: 5 minutos

O press release se trata de um texto direcionado aos jornalistas, cujo objetivo é divulgar lançamentos, boas práticas coorporativas, produtos ou eventos. Tal ferramenta é de uso essencial para assessores de imprensa, que fazem a ponte entre as empresas e os meios de comunicação.

Como estamos sempre prontos a contribuir para o crescimento de nossos leitores, por meio de indicações profissionais que envolvam textos, mostraremos neste post como você pode escrever um bom release e fazer com que o seu negócio seja divulgado por profissionais influentes da comunicação.

 

1. Pense como o jornalista

 

O propósito de um press release é atrair a atenção da imprensa, então temos que pensar com a cabeça do jornalista, ou seja: o que realmente tem o potencial de ser publicado?

Sendo assim, nunca deixe que o jornalista pense que você está escrevendo apenas para promover seu produto, pois jamais ganhará divulgação gratuita. Então, o segredo é destacar uma novidade, um assunto curioso e impactante. Em outras palavras, algo que realmente chame o interesse do público do veículo de comunicação para o qual está se dirigindo.

 

2. Escreva conforme o veículo

Para virar notícia, o release deve ser adaptado. Por exemplo, um evento como o “São Paulo Boat Show” é bem restrito ao público interessado em meios de transporte aquáticos.

Nesse caso, para uma revista cujos leitores têm alto poder aquisitivo, pode-se destacar o que há de mais novo e luxuoso em termos de lanchas. Já para uma revista ligada à sustentabilidade, deve-se escrever, por exemplo, um release que apresente a fabricação de jet skis com material reciclado ou novidades como a moto elétrica aquática, que não polui o mar.

3. Faça um link com temas atuais

Busque um gancho forte. A mídia é pautada pelos assuntos do momento. Você terá muito mais chance de conseguir espaço se puder relacionar seu produto ao filme que está em cartaz, a algum tema polêmico da novela, a uma notícia da atualidade…

Exemplificando o que dissemos acima: ocorreu que no mesmo dia em que foi divulgado que as companhias aéreas passariam a cobrar uma taxa extra por bagagens despachadas, uma personal organizer enviou um release falando da arte de colocar na bagagem de mão tudo o que se precisa para uma viagem longa. Logo, ela foi convidada a dar entrevista para revistas femininas e suplementos de jornal. Era o tempo certo para mandar o release divulgando aquele serviço.

4. Entenda a estrutura do release

Todos os dias, as caixas de e-mail de jornalistas ficam lotadas de textos desse estilo. Por isso, já no assunto do e-mail mostre a relevância do que você oferece, como algo útil e inédito.

Ao abrir o e-mail, o jornalista vai se deparar com o release, e o nosso desafio é fazer com que ele, mesmo correndo contra o tempo e com dezenas de notícias para ler, sinta-se atraído e leia o nosso texto até o final.

Título

Um bom release começa com um bom título, para que ele realmente chame a atenção. O título deve ser direto e informativo. Por isso, é melhor evitar sentenças muito longas.

Use frases na voz ativa, com substantivos e verbos e, de preferência, no tempo presente, como no exemplo: “Nova tecnologia revoluciona o tratamento do diabetes”.

Escolha a palavra-chave mais relevante, que transmita a informação mais importante. O título a seguir, enviado pela USP, ressalta o termo “qualidade de vida”, o qual é de interesse público e jornalístico: “Qualidade de vida: Pesquisadores divulgam estudo sobre as maiores cidades do Estado de SP”.

Lead e corpo do texto

O primeiro parágrafo deve corresponder ao lead jornalístico. Ele contém as informações mais importantes e responde às quatro questões iniciais: Quem? O quê? Quando? Onde?

Já o segundo, deve trazer informações extras, respondendo às perguntas: como e por quê?

Os próximos parágrafos podem trazer mais explicações e aprofundar o conteúdo. Inclua dados e estatísticas relevantes. Você pode inserir a frase dita por um representante da empresa. Nesse caso, o importante é que seja uma afirmação que realmente acrescente algo ao texto – e não apenas para dar visibilidade ao assessorado.

Conclusão

Termine com uma conclusão sucinta. Retome brevemente a principal ideia do release e, então, finalize com uma frase que incentive o jornalista a saber mais sobre o tema e veja nele uma pauta em potencial.

Descrição da empresa

Após a conclusão, inclua um parágrafo com uma breve apresentação sobre a empresa – este é o momento ideal. Descreva seu trabalho, suas principais características e coloque alguns destaques: há quanto tempo está no mercado, se já ganhou algum prêmio… É interessante separar este parágrafo do corpo do texto, com um espaço maior entre os parágrafos e o nome da empresa em negrito.

No final, insira o contato do responsável, caso o jornalista queira esclarecer alguma dúvida ou até marcar uma entrevista. Demonstre a disponibilidade para enviar informações adicionais e esclarecer quaisquer dúvidas.

 

5. Mantenha o estilo textual do release

email escolhido

O release segue as regras de redação do jornalismo. O texto deve ser o mais objetivo e conciso possível. Lembre-se de que o jornalista recebe dezenas de releases por dia e não vai ler textos que não são claros, não estão bem escritos ou são muito longos.

Geralmente, o tamanho é de uma página. Assim, prefira o estilo simples, coloquial, com parágrafos e frases curtos. Escreva em terceira pessoa.

Não utilize o estilo publicitário – é de suma importância que, como explicamos antes, o texto não dê a sensação de que você está usando o veículo para promover sua empresa gratuitamente, mas que você realmente oferece algo com potencial de virar notícia e que interessa ao público.

Quanto mais seu release estiver adequado ao formato jornalístico, mais fácil será para o redator do jornal editá-lo e utilizá-lo em uma nota ou matéria.

Às vezes, o release é publicado integralmente ou com pequenas alterações, mas o principal objetivo é atrair a atenção ao tema e fazer com que os jornalistas entrem em contato para falar sobre o assunto e marcar uma entrevista.

 

Bônus: Dicas para que seu release vire pauta

 

1. Saiba qual é o momento oportuno

Não envie o texto na sexta-feira, no fim de semana, nem na segunda-feira de manhã. Nesses dias, a caixa de e-mail dos jornalistas fica lotada e é muito provável que sua mensagem passe despercebida. Nos demais dias, evite enviar depois das 17h, horário em que começa a correria de fechamento dos jornais diários.

Email lotado

2. Envie em cópia oculta

Assim, você garante que quem receba não veja que o mesmo e-mail foi enviado para o concorrente e várias outras redações.

3. Pesquise sobre a linha editorial

Conheça o posicionamento do veículo e do profissional para adaptar seu release e abordar o tema escolhido de maneira adequada.

4. Indique “personagem”

Um dos principais desafios dos pauteiros é encontrar “personagens”, como os jornalistas chamam as pessoas comuns que vivenciam ou testemunham uma situação.

Por exemplo, se seu release fala de uma empresa que oferece apoio escolar para crianças com necessidades especiais, no próprio release, você pode colocar o depoimento de uma mãe (com autorização prévia), contando que, após contratar o serviço, as notas de seu filho melhoraram na escola. Assim, ao fazer uma matéria sobre inclusão escolar, o jornalista sabe que há uma alternativa que pode se tornar um case e uma família que pode servir de exemplo.

Um release bem escrito faz toda a diferença para dar visibilidade a seu produto, evento ou empresa. A Mundo Escrito oferece auxílio para revisar e tornar seu texto ainda mais atraente, clique aqui e conheça o nosso trabalho.

Esperamos ter contribuído com o seu release. Se você gostou deste post, fique à vontade para se inscrever e passar a receber novas dicas de escrita e outras atualizações do nosso blog, no formulário abaixo!

 

Receber atualizações do nosso Blog?

Deixe seu e-mail abaixo:

 

 

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.