(62) 98505-8357 (WhatsApp) [email protected]
Tempo estimado de leitura: 2 minutos

Há quem realmente acredite que copiar o texto de um autor é plágio, mas de vários é monografia. Felizmente, nós sabemos que uma pesquisa considerável e comprometida não se faz digitando palavras-chave no Google e utilizando os comandos “Ctrl + C” e “Ctrl + V”.

Para construir um bom trabalho acadêmico, é necessário que haja originalidade. Por isso, selecionamos 4 dicas de ouro sobre buscas na internet que vão ajudar na sua construção de um autêntico trabalho acadêmico.

 

1. Direcione sua atenção

 

O buscador Google é, sem dúvida, uma grande ferramenta de pesquisa e ocupa um lugar essencial em nossos processos. Então, para que você possa aproveitar tudo o que ela tem a oferecer, o primeiro passo é focar o pensamento no assunto da pesquisa.

Por exemplo: suponhamos que a sua pesquisa é sobre as contribuições do exercício físico para a saúde. Para direcionar a atenção nesse caso, destaque os termos principais do tema (“exercício físico” e “saúde”). Em seguida, centre a sua busca nesses conceitos e na relação que eles mantêm.

Dessa maneira, você vai direto ao ponto e não perde tempo com os assuntos paralelos e as inúmeras dispersões do ambiente virtual. Ao focar o pensamento, há mais chances de colher dados objetivos e de processar apenas aqueles que nos interessam.

 

2. Organize as informações

 

Na internet, é possível encontrar preciosas informações em revistas acadêmicas, blogs (incluindo os comentários dos posts), artigos, e-books, entre outros materiais. Então, o segundo passo, depois de atingir o alvo da sua pesquisa, é organizar os resultados por ordem de relevância.

Pense: “quem são os especialistas mais destacados na área?”. A partir disso, organize os textos e materiais relacionados a esses autores. Cabe lembrar que geralmente há mais de um especialista e entre eles pode existir divergência de ideias.

Então, analise as perspectivas que eles apresentam, anotando quais são os pontos de concordância e de divergência.

 

3. Assuma um posicionamento

 

Quanto mais você se inteirar sobre as informações trazidas por autores de peso na área de sua pesquisa, mais você estará preparado para o terceiro passo: começar a formar o seu ponto de vista.

O seu ponto de vista é o que realmente interessa para quem vai ler o seu trabalho acadêmico. Seu leitor quer ver o que você apresenta de solução a partir do assunto, ou seja, o que você propõe de diferente.

Portanto, é fundamental conhecer as propostas apresentadas anteriormente e, em seguida, elaborar um posicionamento autoral.

 

4. Argumente

 

Como quarto passo, durante o processo de escrita, faça uma boa argumentação e deixe clara a sua compreensão acerca do assunto. Para isso, tome como base os autores de destaque e exponha o que você considera importante: conceitos, diferenças e confluências.

Dessa forma, quando alguém avaliar a sua produção, encontrará um conteúdo genuinamente seu, resultando, assim, em uma contribuição relevante para o assunto em questão.

Se você precisa de apoio para aprimorar sua escrita, talvez seja do seu interesse saber que oferecemos serviços de: revisão textual, formatação, transcrição de áudios e digitação. Se precisar de nosso apoio, fique à vontade para entrar em contato. Teremos prazer em ajudá-lo!

 

P.S: Cadastre seu email no formulário abaixo para ser avisado sempre que postarmos um novo artigo:

 

Receber atualizações do nosso Blog?

Deixe seu e-mail abaixo:

 

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.