A internet é um verdadeiro campo de batalha para quem produz conteúdo informacional. Um texto de determinado segmento disputa a atenção do leitor com milhares de outros textos. Além disso, o redator enfrenta o desafio de fazer com que leiam seu conteúdo até o fim – e não apenas os primeiros parágrafos ou somente o título.

Para conquistar a atenção do leitor, é preciso ficar atento a fatores importantes. Independentemente da concorrência, se o seu conteúdo for bom, ele terá o espaço que precisa para que você alcance seus objetivos. Vejamos algumas maneiras de conquistar a atenção do leitor:

 

1. Conheça seu público e desenvolva sua persona

 

leitor atentoSaber para quem você está escrevendo é essencial, pois esse conhecimento terá influência tanto sobre a linguagem a ser utilizada quanto em relação aos assuntos que você poderá abordar. Para isso, é interessante estabelecer sua persona.

A persona é a representação de um cliente real, baseada em dados reais a respeito do público-alvo, de suas necessidades, características, preferências etc. Ela precisa ter um nome, idade, profissão, local de moradia. Você precisa conhecê-la profundamente.

Assim, no momento da produção de conteúdo, você sempre poderá se perguntar: isso soluciona questões da minha persona?

Se apenas uma persona for pouco para representar a diversidade do seu público-alvo, é possível e recomendável desenvolver outras. Dessa forma, você saberá como atingir determinado público produzindo conteúdos específicos.

 

2. Escolha assuntos interessantes para o seu público

 

leitor interessadoCom suas personas definidas, ficará muito mais fácil descobrir quais assuntos são mais interessantes ao público-alvo. Costuma-se dividir as estratégias de direcionamento de assunto em três estágios: topo de funil, meio de funil e fundo de funil.

A decisão sobre qual conteúdo produzir é uma maneira de afunilar o interesse das pessoas que são potenciais consumidores de seu produto – seja ele um texto ou um produto que você deseja comercializar.

Topo de funil – neste processo, durante a pesquisa e escolha dos assuntos, você deve priorizar os temas que despertem curiosidade no leitor. A partir disso, seu público-alvo começará a identificar necessidades que tem e poderá querer resolvê-las.

Meio de funil – em uma próxima etapa de escolha de conteúdo, ou seja, o meio do funil, é interessante optar por assuntos que mostrem soluções relacionadas às necessidades que você apontou nas primeiras temáticas. Apresente opções que ajudem o público-alvo a resolver suas questões de maneira objetiva.

Fundo de funil – na etapa de fundo de funil, o conteúdo deve ser mais específico. Se o seu produto for o próprio texto é interessante desenvolver materiais aprofundados que atinjam de maneira assertiva o leitor e sua necessidade. Caso os textos sejam direcionados para a venda de produtos, essa fase é a ideal para mostrar que o seu produto é a melhor opção para solucionar a demanda do público-alvo.

 

3. Seja original e agregue informações

 

Ao escrever, principalmente para a web, é essencial que você desenvolva um conteúdo interessante e original. Lamentavelmente, o que mais há no mundo virtual são conteúdos repetidos, copiados, que não agregam informação nova. Como diz o ditado, apenas “chovem no molhado”.

leitor com tabletPessoas que desenvolvem conteúdos não originais podem até ter sucesso em um curto espaço de tempo, mas não conseguirão garantir o interesse dos leitores por longos períodos. Se seu material for pobre, o público perceberá e provavelmente não voltará a procurá-lo.

Entretanto, se um leitor acessar seu material e perceber que é diferente do que já está disponível na web, há grandes chances de retorno.

É preciso trazer informações novas, que agreguem conhecimento e possibilitem crescimento e evolução ao leitor naquele determinado assunto.

 

4. Ofereça o melhor

 

Além de saber o que seu público tem interesse em consumir e o que pode solucionar as questões apresentadas por ele, você precisa saber, também, o que seus concorrentes já estão oferecendo. De repente, você até está brindando um conteúdo interessante e com informações novas, mas a concorrência pode estar oferecendo textos mais aprofundados e mais bem escritos.

leitura entretida na leitura

Não adianta disponibilizar boas ideias de forma desestruturada, sem que o leitor consiga entendê-las com clareza ou precise buscar aprofundamento em outros canais. Para mantê-los em conexão com o seu conteúdo, ofereça o melhor! Tanto na profundidade das informações, quanto na qualidade da escrita.

 

5. Busque inspirações

 

Um dos erros mais destrutivos é achar que já sabemos de tudo e que não há mais nada o que aprender. Estamos sempre em desenvolvimento, dessa forma, estar aberto para aprender com os outros é uma maneira eficiente de continuarmos crescendo e melhorando.

Por isso, para conquistar a atenção do leitor, se inspire naqueles redatores que conquistam a sua própria afeição. Observe como eles escrevem, que tipo de conteúdo disponibilizam e como esses materiais atendem suas demandas.

Analise a qualidade deles e questione o porquê de serem valiosos. Dessa forma, você poderá encontrar inúmeros segredinhos de sucesso e aplicar em seu próprio trabalho de maneira original.

No nosso blog, há uma série de entrevistas com dicas de especialistas renomados relacionados à área da escrita. Uma delas você pode conferir clicando aqui.

Outra maneira de desenvolver um bom material é contando com a ajuda de especialistas para revisar seus textos. Se quiser entender mais sobre revisão, confira o artigo  “A revisão de texto destina-se ao leitor”.

E para você, o que um texto deve ter para conquistar a atenção do leitor? Comente e nos deixe saber.

 

Torne isto mais acessível.